Blog

Loading
Carregando..

10 brincadeiras ao ar livre para crianças

Atualmente, a maioria das crianças se divertem através de tecnologias como computadores, smartphones, televisões, etc. Isso resultou em uma geração cada vez mais afastada do ar livre, do exercício e da interação com outras crianças. Por isso, confira 10 brincadeiras ao ar livre para crianças.

Em muitas famílias, as crianças preferem passar todo o tempo livre em eletrônicos, deixando completamente de lado todas as brincadeiras ao ar livre que eram tão comuns há uns anos atrás.

No entanto, se você valoriza esse contato offline e quer incentivar seu filho a se divertir mais fora das telinhas dos gadgets, confira essas 10 brincadeiras ao ar livre que você pode juntar um grupo de crianças e propor.


1. Cabo de Guerra

O Cabo de Guerra é uma brincadeira antiga e ainda hoje é capaz de proporcionar boas risadas e estimular a competição entre os participantes.

Separe dois grupos iguais de crianças, tentando manter a mesma altura e peso em cada grupo, e coloque cada um em um lado de uma grande corda. Assim, cada grupo segura um lado da corda.

Marque o espaço médio entre os grupos. Ganha a brincadeira o grupo que, em dois minutos, puxar mais a corda para si, ou seja, o grupo que mais passar o espaço marcado ou passar completamente perde.


2. Construção na areia

Uma brincadeira que não sai de moda é a construção na areia. Essa atividade consiste em reunir crianças em algum local com areia, como parques e praias, e utilizar a areia e um pouco de água para montar construções que podem variar de castelos a florestas.

Essa brincadeira ajuda a criança a soltar a criatividade e ainda promove a interação entre o grupo.


3. Guerra de água

Reúna todas as crianças em um espaço ao ar livre em um dia ensolarado e comece uma guerra de água. Separe as equipes aliadas e adversárias e comece a diversão! A guerra pode ser feita com mangueira, arminhas de água, baldes e até balões de água.

Outra opção divertida é encher uma bexiga de água e ir jogando de mão em mão até estourar em alguém.


4. Mímica

A mímica é uma brincadeira divertida para todas as idades e as crianças costumam adorar. Junte a família e separe grupos. Escolham um tema e um membro do grupo para tentar fazer os outros adivinharem através de gestos.

O ideal é escolherem temas que todas as faixas etárias tenham acesso, como filmes recentes, músicas, comidas e lugares.


5. Bola

A bola é um item que torna possível muitas brincadeiras e as crianças realmente adoram. Junte um grupo para uma partida de queimada, recorde ou futebol.


6. Cabra-cega

A cabra-cega é uma brincadeira bem divertida, mas precisa ser feita em locais seguros. Uma criança tem os olhos vendados e dá vários giros, seu objetivo é tentar tocar em alguém. Quando alcançar o objetivo, a criança que foi tocada torna-se a próxima a ser vendada.

Uma opção diferente é fazer essa mesma brincadeira em uma piscina grande.


7. Pega-pega

O pega-pega é uma brincadeira tradicional e divertida que pode manter as crianças entretidas por muito tempo. Começa com uma criança que deve encostar em outras e, cada vez que encosta em alguém, ganha um aliado para pegar as outras.


8. Pular corda

Pular corda é fácil, divertido e pode ser muito bom para o físico da criança, que se exercita brincando. A brincadeira deixa livre a forma como a corda é girada e existem várias músicas e graus de dificuldade que podem ser determinados pelos participantes.


9. Corrida de sacos

Nessa brincadeira ao ar livre, cada criança entra em um saco e tenta pular sem cair até a linha de chegada. Vence quem chegar primeiro.


10. Amarelinha

Para desenhar os números e a estrutura da brincadeira, utilize um giz. Então, com uma pedrinha e chinelo, as crianças vão passando de fase em fase e quem chegar primeiro ao céu (última fase da brincadeira) ganha.


É importante que os pais incentivem as brincadeiras ao ar livre, pois estas podem ser fundamentais no desenvolvimento físico, social e psicológico das crianças.

E se os pais não podem estar presentes e se preocupam com a segurança dos filhos, vale a pena investir na Pulseira de Identificação Inteligente da DetecteMe para evitar esses transtornos.